1 de novembro de 2008

O Santo das Causas Impossíveis





Eu queria acreditar em Deus, santos e promessas, mas não consigo. Foi o que eu disse para a moça que me aconselhou a fazer um pedido para São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis. Ela insistiu, que mal faria? Resolvi tentar, mas o que eu poderia prometer? O que São Judas, lá do alto de sua nuvem, acharia realmente esforçado para mim? Não comer chocolate, sorvete ou carnes? Ir pelo estômago é muito clichê, pensei. Nem ele deve agüentar mais essas promessas de mulherzinha.
Cogitei em não entrar mais na internet, o que seria realmente difícil para mim, mas não sei qual o pé de modernidade de São Judas. Talvez ele não considere uma promessa legítima. O que São Judas entende de orkut, blogs, msn. blip, twitter e etcs? Vai me dizer que ele tem perfil no facebook? Se sim, talvez seja mais interessante mandar um e-mail. Ahn?
Ela me aconselhou a entregar uma cesta básica por mês. Achei interessante. Não sairia muito caro, não seria cansativo como subir uma escadaria de joelhos, e ainda tem apelo emocional. Dá certo em programas de TV, talvez dê certo para mim.
Contei pra ela que não cumpri uma promessa uma vez. Será que tem problema?
Eu estava na sexta série e meu pai disse me daria uma moto Jog se eu não pegasse nenhuma recuperação. Eu sabia que a probabilidade era pequena, pois estava mal em inglês, então resolvi fazer uma promessa para São Longuinho. Se eu não pegasse recuperação, daria 500 pulinhos.
Deu certo, eu não peguei recuperação, mas... também não ganhei a Jog. Nada mais justo que não dar os 500 pulinhos, certo? Errado. São Longuinho ficou puto. Tão puto que espalhou minha fama de má pagadora por todo o reino das divindades, de forma que meus pedidos nunca mais foram atendidos. Acho que São Longuinho é uma espécie de serasa do céu. Não há São Jorge que me salve, muito menos Santo Antônio, que resolveu tomar todas as dores do Longuinho e ferrar minha vida amorosa pra todo sempre. O jeito é torcer para que São Judas não faça parte dessa patota e me ajude, afinal, são doze cestas básicas, certo São Judas?

14 comentários:

.lucas guedes disse...

ia escrever um comentário criticando aqueles que amam falar de deus, mesmo sem acreditar, mas deixa pra lá. só não entendo uma coisa. se não acredita em santo, pq caiu no conselho da moça e fez a promessa? não é mais fácil tentar alcançar os objetivos sozinha? vai me dizer que ela é cartomante? se for, fica mais legal a história.

Marcela Prado disse...

Sério que vc não entendeu que é uma piada, que eu definitivamente não acredito e não vou fazer uma promessa?

E eu gosto de falar de religião. Alias, acho muito divertido.

E eu acho que tem coisas na vida que não estão ao nosso alcance, seja você esforçado ou não. A moça queria que eu fizesse uma promessa para um desses casos.

.leticia santinon disse...

Queria tanto ter fé...hahahaha...essa frase não é minha, mas eu também gostaria de ter.

O São Longuinho é um maldito rancoroso, filho da puta!

Anônimo disse...

hahahahahaha

o lucas sempre dá dessas né?

quando era criança, direto fazia promessa pra são longuinho. sempre cumpria. tenho uma política de nunca quebrar promessa, seja ela qual for.

gostaria de salientar que, hj em dia, as promessas que faço não são para entidades abstratas, mas para pessoas feitas da mesma matéria que eu.

mas queria voltar a acreditar em sao longuinho, pelo menos, já que não acredito em mais porra nenhuma...se pans, nem em mim...

ter fé deve ser tão confortante...pq não consigo senti-la? estamos todas quebradas, isso sim.

parem o mundo, não quero mais brincar...

Marcela Prado disse...

É que o Lucas tem alma de coroinha. hehe.

E "se pans nem em mim" é ótimo.

Marcela Prado disse...

E ele tá me zoando, pq eu vou em cartomante as vezes.
E eu acredito em signos.
Enfim, coisa de mulher.

Bullit disse...

É... como diz um amigo, deus é pai, e jesus nosso mano...
abraço.

Anônimo disse...

e como disse o diabo para seu advogado "deus é um sádico". rs

sou ZL, nascida e criada. esse 'dialeto' faz parte do meu dia a dia...hahahahahahaha

sorry, vou tentar me conter...rs

Marcela Prado disse...

eu tbm falo se pans. achei engraçado foi vc nao acreditar nem em vc. hehe.

r_ogeri_o disse...

:)

Anônimo disse...

ahhhh taaahhh...eh, nao confio em mim pra muitas coisas, viu....rs

vou tentar resolver isso na terapia semana que vem....

Barbara. Negri. disse...

hahaha...
acho que pra sair do 'serasa' do céu você poderia fazer um acordo com são longuinho...
tipo...dou 250 pulinhos e vc limpa meu nome ai no céu...rsss...

q legal..fui linkada...vou linkar vc tbm...hehe...
bjinhus!

Anônimo disse...

er...meu nome é juliana e sou viciada em ler blogs.

será que você poderia, por ventura, atualizar o seu? já li tudo que tinha pra ler nos meus links e nos de outrém...

obrigada.

Ana Paula disse...

Oi Marcela, é a ana da Meto, eu sempre gostei de ler seus escritos e quando da eu vou ler esses do umbigo roxo...
Ah só uma coisa, são lnguinho ja me salvou muito e não faz tanto tempo, mas relaxa eu tb to devendo uns ulos mas pago a prestação
ehe
xau